Siga as redes da Tik

Um dia em Roma: O que fazer?

16 de abril de 2020

Publicidade

Ano passado, viajei com minha mãe para o verão europeu, mas antes de chegarmos na praia, passamos um dia em Roma.

Nós duas tínhamos pontos para gastar e estávamos conversando sobre a Grécia. Até que saiu uma promoção da Multiplus, que dava uma porcentagem a mais na transferência dos pontos do cartão. Aliás, eu só transfiro os pontos do cartão dessa forma, com bônus.

Não perdi tempo e passei os pontos do cartão para a Multiplus e minha mãe precisou comprar alguns, já que no momento, também estavam em promoção.

Tudo estava conspirando a nosso favor!

Como cheguei a Roma?

Conforme citei ali, a ideia era ir para Grécia. Então como fui parar em Roma?

Uma viagem para a Grécia, não é nada barata, ainda mais durante o verão. Então, a solução foi comprar a ida para Roma, que custava muito menos e tínhamos a quantidade de milhas suficiente.

Dessa forma, chegamos à Roma. Não pensamos em destino, pensamos na quantidade de milhas disponíveis.

A ida para a capital italiana, estava por 35.000 pontos.

Eu estava doida para ficar uns dias lá, mas minha mãe estava focada na Grécia, só que não tinham voos no dia que chegamos, então peguei um hotel próximo ao aeroporto e tivemos umas horinhas por lá.

Planeje tudo da sua viagem através desses links específicos e ajude o Tik.

Qual hotel escolhido para passar um dia em Roma?

Para essa pernoite em Roma, escolhi o B&b Rome Fiumicino Hotel, isso porque era pertinho do aeroporto, oferecia transfer e parecia bem bonitinho.

O hotel é uma gracinha, todo reformado, limpinho, localizado em frente a uma estação de trem e ao lado de um shopping. Apesar disso, os atendentes trabalham na maior má vontade, mas isso não fez diferença, já que passamos uma noite e madrugamos para ir embora.

Na chegada, não achamos o transfer e pegamos um taxi, pois estávamos pertinho, só que taxi de aeroporto mete a mão, mas paciência.

Apesar dessa confusão na chegada, deu tudo certo na hora de ir embora, que era o momento que poderia dar algo errado, já que saímos as 04:00 da manhã.

ATENÇÃO: eu só escolhi esse hotel, porque passaríamos um dia só. Para uma viagem normal, uma visita a Roma com mais tempo, não ficaria nele.

hotel
Hotel
Hotel
Hotel

Seguro viagem é obrigatório, então clique aqui e garanta o seu com desconto.

Um dia em Roma, o que fazer?

Obviamente, pelo tempo que eu tinha, não consegui ver tudo que queria. Nesses casos, seja conexão longa ou pouco tempo na cidade, a dica é não entrar em nada e só ver os monumentos por fora.

Vocês já ouviram a expressão ” casa de ferreiro, espeto de pau” ? Então, aqui aconteceu exatamente dessa maneira. Trabalho montando roteiros personalizados, mas graças a Deus, não tive tempo de preparar o meu.

Para minha sorte, Roma foi um destino que já tinha feito alguns roteiros, e eu já tinha uma ideia do que queria. O que pegou mesmo, foi a segunda e terceira parte da viagem, mas isso fica para outro momento.

Além disso, eu já conhecia Roma, porque passei o réveillon de 2009/2010 lá. Nessa época, eu nem pensava que trabalharia com viagem e que abandonaria a psicologia.

Um dia em Roma
Pelas ruas de Roma
Um dia em Roma
Pelas ruas de Roma

Mercado Central de Roma

Pensem em um lugar que eu estava louca para conhecer. Inaugurado em 2016, o mercado central é um centro culinário. São diversos boxes com diferentes tipos de comida e um bar central.

Além de ser um espaço com todas as maravilhas da gastronomia italiana, ainda é um local para comer barato.

Localizado na estação Termini, ou seja, na estação de trem principal da cidade, foi nossa primeira visita e onde almoçamos, já que chegamos por ali.

Um dia em Roma - Mercado Central
Mercado Central
Um dia em Roma - Mercado Central
Atenção aos preços. Aqui se come super barato e é super democrático, porque tem para todos os gostos.
Um dia em Roma - Mercado Central
Um dia em Roma – Mercado Central
Um dia em Roma - Mercado Central
Atenção aos preços. Aqui se come super barato e é super democrático, porque tem para todos os gostos.
Um dia em Roma - Mercado Central
Mercado Central
Um dia em Roma - Mercado Central
Atenção aos preços. Aqui se come super barato e é super democrático, porque tem para todos os gostos.

Estação Termini

Apesar de ser um local de passagem, chegadas e partidas, a Termini é mais que isso.

Conforme disse, é a estação de trem, mas além disso, é um grande centro comercial. Há um shopping ali, grandes lojas e ainda, o mercado central.

Aliás, devemos até tomar cuidado para não perdermos muito tempo olhando as lojas, pois Roma é um destino com muita coisa para ver.

Viaje com internet 24 horas por dia. Garanta seu chip, mas antes confira se no instagram se tem desconto disponível.

Coliseu

Ah, o Coliseu! Um dos principais pontos turísticos de Roma, uma obra grandiosa.

Uma das principais construções do Império Romano, teve início em 72, durante o regime do imperador Tito Flávio Vespasiano, e terminou em 80, durante o regime do imperador Tito.

Após ser construído, o Anfiteatro Flávio, que é outro nome dado ao Coliseu, foi palco de alguns eventos, como por exemplo: lutas de gladiadores, apresentação de animais exóticos e até execuções de prisioneiros.

Esses eventos funcionaram até o século VI e depois, o Coliseu passou por terremoto e foi atacado durante a Segunda Guerra.

Há uma lenda que diz que cada casa na cidade, foi construída com um pedacinho do anfiteatro, pedaços que foram saqueados e por isso, falta um pedaço dele.

Um dia em Roma- Coliseu
Coliseu
Coliseu
Coliseu
Um dia em Roma Coliseu
Coliseu
Arco de Constantino
Um dia em Roma – Arco de Constantino
Um dia em Roma
Um dia em Roma – Arco de Constantino e Coliseu

Palatino e Foro Romano

Obviamente, não entrei no Palatino nem no Foro. Ambos, ficam ao lado do Coliseu, que também só vi por fora.

Ao comprar a entrada do Coliseu, os dois estão incluídos. Esse bilhete tem validade de dois dias, mas a visita ao anfiteatro tem data e hora marcados.

O foro romano é a área da cidade onde se reuniam os centros financeiro, político, religioso e comercial na Roma Antiga.

No foro romano, vemos as ruínas dos edifícios importantes, como por exemplo: tribunais e templos religiosos.

Já o Palatino, é uma das sete colinas de Roma. O monte Palatino fica a 40 m do Foro Romano e é onde os ricos viveram durante o período republicano.

Nele, também temos ruínas, mas agora das residências da alta sociedade.

Altare della Patria

Saímos do Coliseu sem rumo e chegamos ao Altare della Patria, ou seja, um monumento todo em mármore branco, dedicado à Vítor Emanuel II da Itália, primeiro rei da Itália unificada.

No seu topo, há um terraço com vista da cidade, mas não rolou de subir.

Altare della Patria
Altare della Patria
Altare della Patria
Altare della Patria

Fontana di Trevi

Quando visitei a cidade há 10 anos, fiquei encantada com a fonte, por sua beleza.

Daquela vez, eu viajei no inverno, e mesmo com o tempo cinza, fiquei alucinada com a grandiosidade da fonte.

Então, pensa no verão, que tudo fica mais bonito, mais feliz e vibrante.

São 20 metros de largura por 26 metros de altura.

Ao olhar para ela, logo vemos a estátua de Netuno, o Deus dos mares. A direita de Netuno, está a estátua que representa a saúde, enquanto a da esquerda, representa a fertilidade.

Ao chegarmos na fonte, vemos um monte de moedas no fundo e um monte de gente jogando a sua e fazendo seu pedido.

Atenção: a moeda deve ser jogada com a mão direita sobre o ombro esquerdo.

Se você jogar uma moeda, voltará à Roma (sou prova viva disso, mesmo que demore muito e seja bem rapidinho.). Caso jogue duas moedas, vai se apaixonar por um italiano (a). E se jogar três, se casa com essa pessoa.

E assim, ao fim de cada dia, as moedas são retiradas do fundo e esse dinheiro vai para caridade.

E então, quantas moedas você jogou ou pretende jogar?

Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi

Pantheon

Seguindo uma reta da Fontana, passando por diversas ruelas fofas e cheias de bares com happy hour, chegamos no Pantheon.

O Pantheon é um monumento, construído em 27 a.c., foi destruído em 80 d.c., e depois, reconstruído em 125 d.c. por Adriano.

Inicialmente, a ideia era o Pantheon ser um templo de todos os Deuses. Um tempo depois, foi transformado em igreja católica.

Em seu interior, estão as tumbas dos reis da Itália; Vittorio Emanuele II e Umberto I, além da tumba do famoso pintor Raffaello Sanzio.

Ainda, o monumento é famoso por sua cúpula, que é imensa e não tem sustentação alguma. Além da cúpula, suas pilastras também chamam atenção e os turistas tiram foto abraçando elas, pois são enormes.

Pantheon
Pantheon
Um dia em Roma -  Pantheon
Pantheon

Piazza di Spagna

Para terminar o dia, fomos até a Piazza di Spagna. Nesse momento, já estávamos somente sobrevivendo e mortas, mas queria muito ir até a praça.

Demos uma voltinha bem rápida, vimos a famosa escadaria, onde não é mais possível sentar, sob a pena de pagar multa. E vamos combinar que ninguém quem pagar multa em euros né ?

Na praça, tinham muitos artistas de rua e seu entorno é de lojas de marca.

Depois disso, não consegui ver mais nada, já que tudo isso, foi direto de um voo Brasil – Itália, né?!

Daqui, seguimos para Termini, compramos o jantar no Mercado Central e seguimos para o hotel, jantamos e cama, já que madrugaríamos para pegar o vôo no dia seguinte.

Viaje conectado com a Easysim 4u. Garanta seu chip aqui.

Mais Eurotrip

Como já tem bastante tempo desde a minha primeira vez na Itália, eu não tenho post da viagem, mas já passei por outros destinos europeus, que são igualmente maravilhosos.

Você pode ler mais, clicando aqui.

Por fim, um agradecimento especial para a minha migs, que me ajudou na edição das fotos do Coliseu.

Vai fazer uma road trip italiana, então alugue seu carro aqui.

Compre sua moeda estrangeira e ganhe 50% do IOF de volta!


Não fique por fora das novidades!

Ir para o topo

2022 © Tik de Viagem. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Outlab.