Siga as redes da Tik

Ano novo em Mendoza

22 de janeiro de 2019

Publicidade

Quem me acompanha, já sabe como eu amo viajar no réveillon. Para a virada de 2018/2019, escolhi passar o ano novo em Mendoza.

Sobre Mendoza

 

Mendoza fica na Argentina, mas mais perto de Santiago que de Buenos Aires. A cidade está localizada aos pés das Cordilheiras dos Andes, a quase 1200 km da capital argentina, enquanto está a pouco menos de 400 km da capital chilena.

Com mais de 1200 vinícolas, o turismo é super voltado para o vinho, mas não é só isso, a gastronomia, aventura e o azeite, também fazem com que a cidade receba os turistas.

Por que Mendoza?

 

O destino foi escolhido muito aleatoriamente, durante um jantar. Apesar de bastante coisa para fazer, é possível ficar lá por uma semana, o tempo que o namorado tinha disponível. Além do mais,  eu já queria conhecer há um tempo.

Foi uma escolha certeira, porque o  lugar é incrível, voltei apaixonada e já pensando na volta.

Ainda que  nossa virada não tenha sido das mais animadas, isso foi um mínimo detalhe frente ao restante da viagem.

Para nós, brasileiros, passear no país dos hermanos, está super barato, consegui um câmbio de R$1,00 para ARS 10,20 (dezembro 2018). Além disso, visitamos vinícolas lindas, degustamos vinhos excelentes e comemos maravilhosamente bem.

Ano novo em Mendoza

 

Como já disse acima, o ano novo não foi animado. Chegamos lá sem nada planejado para a noite do dia 31, pois desembarcamos dia 28, então teríamos tempo de procurar algum lugar.

Resolvemos isso só no dia 30. Imaginem como eu estava, já que gosto de tudo planejadinho…

Durante um fim de tarde, estávamos na rua Arístides Villanueva, que é um lugar cheio de bares. Deixamos os meninos bebendo, e então,eu e minha cunhada fomos andando de restaurante em restaurante até achar algum.

Não demorou muito, achamos o Jhonny be Good, com um menú de 1000 pesos, que incluía entrada, prato principal, sobremesa, duas bebidas (vinho, água ou refrigerante) e ainda, uma taça de espumante, ou seja, pagamos R$ 100,00 com tudo isso incluso. Outros lugares que passamos, estavam cobrando por volta dos R$ 400,00 ou R$ 500,00 e não estávamos dispostos.

Na rua, encontramos turistas, descobrimos que os mendocinos passam a noite de ano novo em família, e também que não pode ter fogos na rua.

Apesar de desanimado, o jantar estava gostoso e estávamos com pessoas queridas, que valeu a noite.

Após a virada, voltamos para o hotel, já que teríamos um passeio super cedo, no dia seguinte.

No dia seguinte

 

Vou fazer um post dedicado ao passeio do dia 1 de janeiro, mas antes, uma pequena curiosidade.

Estávamos no carro, às 8:30 horas, indo para o nosso passeio e como não tínhamos visto nenhuma boate pelo centro, meu cunhado perguntou para o guia. Para nossa surpresa, os lugares para dançar, ficam longe do centro, já que as pessoas ficam bêbadas e querem criar confusão. Então, a solução encontrada foi levar as boates para outro canto mais isolado.

No trajeto, passamos por várias e o povo estava indo embora, por volta das 9:00.

 

Parceiros:

 

Easysim 4U – garanta seu chip com internet ilimitada e fique conectado 24 horas por dia em mais de 150 destinos.

 

Atenção

 

Se beber, não dirija. Mendoza não é o destino para alugar carro, já que envolve muitas degustações de vinho. Fiz meus passeios com Brasileiros em Mendoza.

 

Viajar com seguro é fundamental para qualquer viagem, não esqueçam de fazer o de vocês aqui.

 

 

 

Não fique por fora das novidades!

Ir para o topo

2019 © Tik de Viagem. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Outlab.