Siga as redes da Tik

Gastronomia Cartagenera

24 de agosto de 2017

Pensa em um lugar que você come bem! Agora, pensa em um lugar que você come bem, gostoso e sem ser besteira… Pensou? Esse lugar existe e esse lugar é Cartagena.

A comida é tão divina que merece um post exclusivo!

Cheguei na hora do almoço, faminta, como sempre, mas por já ter perdido parte do dia, queria comer qualquer besteira para ir conhecer tudo. Ao lado do meu hotel, ficava a praça Plaza de San Diego, uma das milhares praças que tem dentro da muralha, mas essa é especial e eu voltei várias vezes, sabe por quê? Porque tem vários restaurantes e eu fui em três ali!

O primeiro foi a La Bruschetta, logo no primeiro dia, pensei que a bruschetta seria algo rápido e além disso, estava vazio, não tinha NINGUÉM. Quando abri o cardápio, desisti! O restaurante tinha tudo! Peguei um ceviche de peixe com camarão, que acompanhava chips de banana. Que delícia! Nunca tinha pensado nessa combinação e casou bem demais! E claro que, nesse momento, já experimentei a primeira cervejinha colombiana, a Aguila, eu amei e com calor, cai bem demais, né!?

Esse prato saiu em torno de 35000 COP (peso colombiano), que é um pouquinho mais que R$ 35,00.

OBS: eu não sou daquelas que olha se o restaurante está cheio para ir, esse não tinha ninguém e era maravilhoso! A noite, ele encheu, MUITO, mas não voltei lá… Acho um pouco "desperdício" repetir lugares viajando, gosto de conhecer diferentes.

Na mesma praça, tentei por 3 vezes comer no La Cevicheria, sempre tinha muita fila, mas não podia sair de Cartagena, sem comer lá. Esperei e esperei bastante… e valeu super a pena! Eu via cada prato recheados de frutos do mar, cada um mais lindo que o outro e mega bem servidos, mas queria comer ceviche, afinal era o prato que dava nome ao restaurante. O prato era gigante, vinha ceviche de peixe com camarão, um milho diferente do que estamos acostumados aqui, acho que era peruano, batata doce, guacamole com uma tortilla e salada. Não aguentava mais comer!

Enquanto eu aproveitava meu prato, minha mãe olhava todas as mesas para escolher o prato dela ( COMÉDIA ). Ela escolheu uma espécie de sopa com frutos do mar e queijo, que eu não consegui nem provar.

OBS: de entrada pedi uma patinha de caranguejo, que eu pensei ser empanada, mas não era, era tipo um ceviche de patinha. Esse prato não foi tão barato. 28000 cop.

Aqui, nossa conta foi 190000 cops, com cervejas e mojito – algo como R$ 190,00.

Ainda na Plaza de San Diego, conheci o Juan del Mar, uma pizzaria muito charmosa, que a noite tem música ao vivo, uma banda de salsa! A escolha aqui foi uma pizza de presunto de parma e outra vegetariana, as duas muito gostosas com aquela massa crocante e fininha, que na minha opinião, é a melhor que tem. Cada pizza saiu em torno de 35000 cops (+/- R$ 35,00).

OBS: não era pizza individual, serviam muito bem 2 pessoas!

Para terminar minhas comilanças nesse cantinho, fui no bar Cuba 1940, um local cubano, também com salsa à noite. Pedi um camarão com patacones ( banana verde amassada e achatada frita). Esse prato não tem foto e foi o pior de todas as minhas refeições… Pior aqui não significa ruim.

OBS: Piña Colada maravilhoooosa!!!

Saindo dessa praça e indo para outra – para quem não sabe, o que mais tem na cidade amuralhada são praças – na Plaza San Pedro Claver, rodeada por 2 ou 3 restaurantes e pela igreja que leva o mesmo nome, em homenagem ao cara que lutou a favor dos escravos que vinham da África e eram vendidos em Cartagena.

Aqui, o escolhido foi o San Pedro, eu fui de arroz de Singapura, que nada mais é do que um arroz maluco, com carne, camarão, bacon e legumes – bem gostoso também! Minha mãe foi de capeletti com molho funghi, que era bom mas vinha pouquinho! hahaha…

O meu prato aqui foi 41000 cop (+/- R$ 41,00) e a massa por volta de 30000 cop ( +/- R$ 30,00)

Ainda na San Pedro Claver, vi uma barraquinha, com alguma coisa de queijo, achei tão bonito, que comi, era uma arepa de queijo, que ficou ainda mais gostosa com leite condensado por cima.

A comida de rua por lá é bem famosa e bem gostosa! Comi essa arepa de queijo e uma arepa de carne com ovo, que se não me engano, foi perto do Parque Fernández de Madrid.

Arepa é um bolinho frito com massa de milho recheado. Eu queria arepa o dia inteiro, que delicia!!!

Essas na rua custaram em torno de 2500 cop ( +/- R$ 2,50).

Mas a melhor de todas que eu comi, foi em um café, próximo a Catedral, que se chama Café Época – essa foi a primeira e a mais gostosa – 8000 cop (aproximadamente$ 8,00).

Nessa viagem, fiz dois passeios à praia e ambos incluíam almoço. Na Isla del encanto, tinha um buffet com opções para todos os gostos ( peixe, carne, frango, massa… ) e no passeio da Playa Blanca, era tipo um PF (peixe, salada, arroz e patacones), para quem não come peixe, frango frito e também tinha opção para os vegetarianos, que deveriam avisar no caminho para o destino.

Ainda no quesito cafés, fui na Mila, e pedi o carro chefe, a sinfonia de coco – esperava bem mais, não curti muito não. É uma torta de doce leite com coco, mas acho que tem algum marshmallow no meio, que pra mim, estragou

E foi assim que eu vivi esses 5 dias, comendo peixe e camarão (AMO!), com aquele calor de 50 graus, acho até difícil comer outra coisa mais pesada.

Restaurante Cuba 1940